Ao vivo
ouça agora!
/
HISTÓRIA

HISTÓRIA

A Rádio Bom Jesus FM 92.7, antiga Difusora 630 AM, é a mais antiga estação de rádio em atividade na capital mato-grossense. Foi criada em 1º de janeiro de 1959, a pedido de Dom Orlando Chaves, então arcebispo de Cuiabá, como parte das celebrações do centenário do seminário da Conceição. O arcebispo queria colocar um instrumento eficaz nas mãos do clero, a fim de que os sacerdotes pudessem proclamar o Evangelho “de cima dos telhados” (Mt 10,27). Assim, no dia 23 de agosto daquele mesmo ano, entrava no ar a primeira transmissão daquela que seria a “A Rádio da Família”.

As primeiras transmissões da Rádio Bom Jesus aconteceram em um estúdio montado no antigo Departamento de Ação Social Arquidiocesana (DASA), que hoje é o Centro Educacional Maria Auxiliadora (CEMA), cuidado pelas irmãs Missionárias do Bom Jesus. Depois, o estúdio passou para o antigo prédio do seminário da Conceição, em Cuiabá, onde também estão os demais departamentos da Fundação Bom Jesus, mantenedora da Rádio, e o Museu de Arte Sacra.

Após o falecimento de dona Aurora Chaves, irmã de Dom Orlando e primeira diretora da Rádio, os padres paulinos assumiram a gestão da emissora, a partir da década de 1980, colocando a programação em rede com a Rádio América, de São Paulo. Depois, no ano de 1990, a comunidade Canção Nova passou a administrar a Difusora, a convite de Dom Bonifácio Piccinini.

Em 2004, com a chegada de Dom Milton Santos na Arquidiocese de Cuiabá, a Rádio Difusora ganhou um novo impulso para a evangelização. O arcebispo procurou modernizar a comunicação com a criação do site arquidiocesecuiaba.org.br e a transmissão online da programação da Rádio, de modo que os ouvintes pudessem acompanhá-la de qualquer lugar. Nesse ínterim, Dom Milton também lançou o programa “Meu dia com Nossa Senhora”, indo ao ar de segunda a sábado, às 6h, com reflexões marianas e notícias da Igreja, comentadas em primeira mão pelo arcebispo.

No ano de 2011, a Fundação Bom Jesus retomou a gestão da sua emissora, embora continuasse transmitindo parte da programação da Rede Canção Nova de Rádio. Não obstante, a programação local começou a destacar-se, por exemplo, com o programa “Vem e Segue-me”, dos seminaristas da arquidiocese. Com o slogan “A sua paróquia no ar”, a Difusora passou a dar mais espaço às atividades das paróquias e movimentos católicos da região. Finalmente, em 2016, os padres diocesanos passaram a administrar totalmente a Rádio com produção local e novas parcerias, como a Rede Evangelizar, do padre Reginaldo Manzotti.

Todas estas mudanças prepararam o caminho para o grande salto que viria em 2020, com a passagem da transmissão AM para FM. Em 12 de outubro, a Rádio Bom Jesus FM 92.7 estreou com uma programação completamente reformulada. No ano seguinte, a nova dinâmica seria consolidada com a contratação de profissionais, nova grade de programas, parceria com a Rádio Vaticano e a Signis Brasil.

Hoje a Rádio Bom Jesus é uma rádio segmentada para o público católico, que se divide entre classe B e C majoritariamente e uma parcela da classe A. Com 10,8 mil watts de potência, o seu sinal chega a 12 cidades do Estado: Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Distrito da Guia, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Rosário Oeste, Santo Antônio de Leverger, Várzea Grande. Tendo como pilares a evangelização, a informação, a boa música e o entretenimento, passou a chamar-se também “A Rádio da Família”.

Compartilhar: